A cidade

Lumiar é o 5° distrito do município de Nova Friburgo, na região serrana estado do Rio de Janeiro, situando-se a 28 km da sede do município e 150 quilômetros da capital do estado.

 

De carro ou de ônibus, de terminal rodoviário de Nova Friburgo, pela RJ 142, chega-se às bucólicas e tranqüilas vilas de Lumiar e São Pedro da Serra, distantes cerca de 35 km do centro de Nova Friburgo, no município de Nova Friburgo-RJ (capital da Moda Íntima). Lumiar e São Pedro da Serra estão localizados na serra fluminense a aproximadamente 700 metros de altitude, o 5º e 7º distritos respectivamente. A altitude explica a temperatura mais agradável no verão e o frio mais intenso no inverno. Situam-se em área de mata atlântica na Reserva Florestal de Macaé de Cima, onde nasce o rio Macaé, que corta o município de Macaé. Área florestal contínua de 7 mil hectares da Serra do Mar, a 100 km da cidade do Rio de Janeiro, tem altitude entre 880 a 1.720 m. Grande parte desta reserva florestal se localiza na bacia hidrográfica do rio Macaé e seu afluente rio das Flores, cujos vales apresentam uma altitude média de 1.100 m. Este rio nos propicia o surgimento de grande parte das cachoeiras da região através dos vários declives nele localizados. Assim, a tranqüilidade das vilas da região de colonização suíça, o clima agradável, as matas e as cachoeiras são os ingredientes mais que atrativos para nos levar a estes dois lugarejos.

A reserva de Macaé de Cima conserva intocada beleza selvagem de mata atlântica. Entre rios, árvores gigantescas, palmeiras, cipós e delicados arbustos, florescem orquídeas e bromélias e se escondem macacos, tamanduás, cotias e esquilos. A Reserva tem cerca de 4.699 espécies animais e vegetais, send 19 exclusivas da própria reserva. O clima regional é do tipo superúmido, e a temperatura média anual é de 17,9°C, sendo janeiro, fevereiro e março os meses mais quentes, e junho, julho e agosto os meses mais frios.

A região surgiu da ocupação pelos imigrantes das margens do rio Macaé e seus afluentes. Lumiar era uma fazenda do português Felipe de Roure, que deu este nome por causa da vila em que nasceu sua esposa Michaella, em Portugal. Lumiar e São Pedro da Serra são duas vilas que se completam oferecendo ao visitante inúmeras opções de lazer. De beleza natural impressionante, com ambiente florestal intocado, Lumiar e São Pedro da Serra são dotadas de inúmeras belezas naturais, como as corredeiras do Rio Macaé, o Encontro dos Rios, a Pedra Riscada e extensas regiões de mata atlântica preservada. Piscinas naturais, mais de 30 trilhas para serem percorridas de jipe, moto, bicicleta ou a pé, oferecendo ao visitante esportes de canoagem, mountain biking, trekking e escalada. De dia, caminhadas por vales e montanhas e passeios ecológicos, banhos de rio, passeios de jipe ou o rafting no rio Macaé. À noite, Lumiar e São Pedro da Serra, oferecem animada vida noturna, especialmente nos fins de semanas. Restaurantes simples e charmosos, boa música, ruas de uma típica vila do interior, com lojinhas de artesanato. O Bar do Vovô é onde se tem as melhores informações sobre a região. No centro de Lumiar, na praça Marchon, há o antigo casarão da família, hoje um espaço comercial, de artesanato, bares e restaurantes. Próxima à praça encontra-se o a Igreja de São Sebastião, padroeiro de Lumiar, construída em 1901. O artesanato feito nos ateliês e os restaurantes e bares, com música ao vivo, tem famosos fondues e chocolates, além da truta, peixe dos rios da região. São também imperdíveis as tradicionais festas da região, como as Festas de São Sebastião, em janeiro, as Festas Juninas, em junho e julho, o Campeonato de Canoagem, em setembro ou as Festas do Aniversário de Lumiar, em 10 de outubro.

Após a pavimentação da rodovia RJ-142, no final de 2006, Lumiar tornou-se um dos principais pontos de passagem entre Nova Friburgo e a Região dos Lagos. A estrada Serramar ou RJ-142, permite chegar rapidamente à região Litorânea, reduzindo em 108 km o percurso por Niterói, Manilha e Cachoeiras de Macacu. Esse percurso ecológico começa em Teresópolis, passa por Nova Friburgo, Mury, Lumiar, São Pedro da Serra e segue até Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Barra de São João, Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. No alto da serra começa a estrada, que passa por montanhas de clima europeu e rios cristalinos, chegando ao mar azul da Região dos Lagos, conectando dois extremos de beleza natural – o mar e a montanha – numa das mais belas regiões do estado do Rio de Janeiro. O asfaltamento da estrada não seguiu o documento Carta de Lumiar redigido pelas lideranças comunitárias em 2002, o qual defendia a construção de uma Estrada-Parque.